Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Emir Sader.

Instituto Lula

Menu

Nos Brics, Gleisi convoca para Lula Livre

04/12/2018 12:13

Da Agência PT

A presidenta do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, fez um histórico discurso no encontro de partidos políticos dos países do Brics, nesta terça-feira (4), em Tsuane na África do Sul. Ao longo de sua fala, ela desmontou cada etapa do golpe que vem retirando direitos dos trabalhadores, prendeu Lula, sem nenhum crime ou prova, e o retirou das Eleições 2018, contribuindo para a vitória do neofascista Jair Bolsonaro (PSL).

“Todos no Brasil sabem que a perseguição judicial a Lula faz parte da agenda política do golpe de Estado brasileiro muito antes do início de qualquer ação jurídica. (…) Queremos que um dos principais artífices dos BRICS e desse mundo mais justo seja libertado de sua ultrajante, ilegal e injusta prisão. Lula livre!”, declarou a presidenta, representante do único partido brasileiro convidado a discursar no encontro.

Gleisi lembrou a importância da união de todos os progressistas e democratas do mundo em um momento em que as forças neoliberais têm avançado sobre os países de todos os continentes, em especial na América Latina. Para isso, a presidenta destacou que a liberdade de Lula representa, sobretudo, a possibilidade de um mundo mais justo, uma vez que o ex-presidente é um dos principais artífices de iniciativas multilaterais como os Brics.

Nesse sentido, a presidenta saudou o senador estadunidense Bernie Sanders e o ex-ministro das Finanças da Grécia Yanis Varoufakis pela criação de uma Frente Democrática Mundial e o convite ao candidato do PT à Presidência na disputa deste ano, o ex-ministro Fernando Haddad. Gleisi destacou ainda a ingerência externa dos Estados Unidos em todo o mundo, em especial no Brasil ao longo das etapas do golpe.

A interferência do Departamento de Estado dos EUA ficou clara com a subserviência e alinhamento automático de Bolsonaro aos interesses do presidente estadunidense, Donald Trump. A presidenta também alertou que as decisões dos dois políticos de extrema direita trarão drásticas consequências ao mundo, na economia, na cooperação internacional e nas questões ambientais.

“Não há dúvida que esse alinhamento acrítico e automático de Bolsonaro ao governo de Trump produzirá efeitos profundamente negativos no multilateralismo, na busca da paz e, mais especificamente, sobre os BRICS. (…) Bolsonaro não é apenas uma ameaça ao Brasil e à América Latina. É uma ameaça ao planeta. Uma ameaça concreta aos BRICS e ao que eles representam”, alertou Gleisi.